segunda-feira, 14 de abril de 2014

Reflexão Profissional


Fazer uma reflexão profissional é um passo determinante para avançar na carreira, já que é uma oportunidade de avaliar que passos devem mudar de rota e que caminhos deram certo.

No início do ano, todo profissional faça um plano com objetivos bem definidos para os próximos meses que virão, contemplando os projetos que quer concretizar, que tipo de aprimoramento pretende fazer, que avanço profissional gostaria de ter, etc. O balanço deve envolver, ainda, uma contabilização do que foi positivo e do que foi negativo, avaliando os resultados alcançados e as oportunidades que geraram desenvolvimento e melhoria para sua carreira.

Elaboramos um “guia” para orientar os profissionais nessa avaliação, reunindo quatro questões que devem ser revisitadas regularmente para avaliação da carreira profissional. A reflexão para elaboração das respostas prepara o profissional para a adoção de ações que contribuam para o seu desenvolvimento.

1- Você sabe qual é a sua contribuição?
Mantenha uma visibilidade positiva para que os principais líderes da sua organização saibam quem você é e como contribui para a empresa. Criar resultados é a estratégia de carreira mais importante. Mantenha padrões de alto desempenho e contribua positivamente de forma consistente.

2- Você seria um candidato ideal caso se candidatasse à sua vaga hoje?
Avalie se você conseguiria conquistar a sua vaga se ela estivesse em aberto. Quantifique e qualifique todas as suas realizações, tanto no trabalho quanto fora dele. Familiarize-se com as tendências do setor, os valores de salário, o seu valor de mercado e estabeleça relacionamentos fortes com as lideranças da empresa e profissionais da sua área que inspirem a sua admiração.

3- Se o seu cargo desaparecesse amanhã, você teria um plano de carreira?
Mantenha-se ativo com a sua rede de conhecidos e mantenha um currículo atualizado. Saiba quais são as suas chances e o valor que você traz para uma empresa, incluindo a sua empresa atual. Desenvolva um plano de carreira para que sempre tenha um horizonte visível. Assim você sabe para onde está indo e por quê.

4- Você está aprendendo?
Mantenha um compromisso constante com o autodesenvolvimento. Antecipe-se às necessidades futuras da sua organização e desenvolva-se para atender essas necessidades. Beneficie-se de oportunidades e aprendizado, incluindo cursos de treinamento, conferências do setor e grupos profissionais. Seja proativo em buscar novos projetos que o ajudarão a aprender, crescer e expandir as suas competências.

Aconselhamos o profissional a fazer uma sessão de feedback, ou seja, ouvir de outras pessoas o que acharam de seu desempenho e que dicas ou sugestões teriam para você. Esse feedback contribui muito para um planejamento de ações para o restante do ano.

Também é importante que o profissional faça uma análise sobre quais foram seus desafios no ano que passou e o quanto conseguiu progredir. Para isso, o feedback do passo anterior será muito importante uma vez que nem sempre se tem isso muito claro. Avaliar o quanto você conseguiu avançar nas metas estabelecidas é importante e se o saldo foi negativo, procure saber também quais foram os fatores que comprometeram o resultado. Essa é uma ação importante que ajuda o profissional a identificar questões pessoais que merecem mais atenção ou até questões do ambiente que podem não ser do seu controle, mas que, uma vez identificadas, poderiam ter gerado uma ação diferente de sua parte.

Depois de feita a reflexão, chega o momento de projetar seus objetivos para o ano, sem cair na armadilha de fazer este exercício com prazos muito longos. “É comum estabelecer objetivos longos como comprar uma casa um dia, terminar a faculdade após quatro anos, querer ser diretor no máximo em cinco anos, conquistar uma carreira internacional em x tempo”ainda, que é raro as pessoas fazerem planos mais imediatos, de resultado para aquele ano e com metas mais simplificadas.

O profissional se questione sobre o que pode ser aprimorado, de que forma ele gostaria de encerrar o próximo ano, que projetos pessoais e profissionais podem ser definidos no início do ano, se eles são possíveis de serem realizados e como essas metas trariam desenvolvimento para você. “Ser proativo, energético, focado, dedicado e disciplinado é fundamental para um bom resultado para qualquer profissional e deve constar na sua lista de metas”.

terça-feira, 8 de abril de 2014

Como acabar com a procrastinação hoje 6 dicas fundamentais


A procrastinação é uma maneira fácil que todos nós temos de ficar presos. E, muitas vezes, nem percebemos que estamos fazendo isso. Inconscientemente criamos motivos em nossas cabeças que nos fornecem lógica suficiente para que possamos adiar a tarefa em mãos.

Procrastinamos porque?
Não sabemos fazer - Não sabemos fazer – Neste caso, procure ajuda. Mas não demore. Você pode pedir ajuda do seu chefe ao Google. Nesse intervalo alguém vai poder te ajudar! Garanto que seu chefe vai preferir lhe ajudar a pedir o trabalho e este não estar feito.

Fuja da armadilha que só você pode fazer algo, que você tem obrigação de saber tudo, que você corre o risco de perder o emprego se precisar de ajuda! Pelo contrário, as pessoas se sentem honradas em poder ajudar alguém. Seja humilde o suficiente para tomar este tipo de atitude! Você vai parecer ainda mais legal

Não gostamos de fazer - Muito, muito, muito comum! Não gostamos de fazer muitas coisas no nosso dia-a-dia. A boa notícia é que não precisamos fazer tudo aquilo que não gostamos. O gostar de fazer ou não gostar de fazer algo, tem muito haver com nosso tipo de personalidade. Por isso eu te dou uma dica: na hora de escolher sua secretária ou formar sua equipe, tenha sempre pessoas que sejam diferentes de você, daí você poderá ter um complemento perfeito e poderá delegar aquilo que você não gosta.

Por exemplo: sou uma pessoa de personalidade extrovertida e por isso não me atenho em detalhes. Minha maior sacada foi ter como secretária uma pessoa com personalidade analítica, pois assim ela cuida de todos os meus deslizes. Claro que outras dificuldades podem ocorrer neste interação, mas a situação perfeita só nós podemos construir.

1. Faça uma lista de ações
Faça uma lista incluindo apenas os itens que você está evitando, e não aqueles que você sabe que vai fazer de qualquer maneira. Em seguida, defina prazos.

2. Quebre a tarefa em etapas
Dessa forma você não vai ter a sensação de estar sobrecarregado . Uma vez que você comece a desfrutar de uma pequena realização, é mais provável você ter gosto de terminar.

3. Elimine a tentação de fazer outra coisa
Se você sabe que alguns programas te sugam a atenção, não ligue-os até que termine sua tarefa.

4. Barganhe com você mesmo.
Se você terminar o plano de negócios agora, você pode ir ao cinema mais tarde.

5. Foco
Foco no sucesso que você vai conseguir e a alegria que você vai sentir ao concluir a tarefa.

6. Seja exigente consigo mesmo!
Crie um castigo para sua incapacidade de concluir determinada tarefa.

segunda-feira, 7 de abril de 2014

Planejando e Conquistando


Você esta satisfeito com sua vida atual? Está satisfeito com seu trabalho, com seus relacionamentos, com seus aprendizados? O que você está fazendo para criar um futuro promissor? O que falta para sua vida se tornar plena?

PLANEJAMENTO E CONQUISTAS
As nossas conquistas estão intimamente ligadas ao planejamento que fazemos de nossa vida. Se queremos algo, precisamos planejar e calcular cada um de nossos passos. A melhor forma de realizar todos os nossos sonhos é planejar. Pare uns minutos de ler este artigo e reflita sobre o que esta faltando em sua vida, hoje, para que você possa se sentir realizado e pleno.

Você deve ter pensado em muitas coisas, seja em sua vida pessoal, como em sua vida profissional. Um emprego novo, um relacionamento perfeito, um carro, viagens de férias. Como você se sente ao pensar nisso tudo? Você se sente bem e feliz consigo mesmo? Ou sente que esta fazendo muito pouco para conquistar seus objetivos?

Você pode ter tudo o que deseja em sua vida, e para que isto se torne realidade, não basta você apenas acreditar, e muito menos desejar. Você precisa estabelecer suas metas e objetivos e planejar como pretende chegar lá. Podemos utilizar como metáfora uma viagem. Quando você precisa realizar uma viagem, você a planeja com antecedência, verifica a distancia que irá percorrer, o caminho que irá tomar, se irá de ônibus ou de carro, o quanto vai gastar durante o trajeto, se vai parar para comer algo, onde vai se hospedar. E quanto maior for o planejamento, maiores são as chances de sucesso em sua viagem.

Com seus objetivos e metas, você deve ter o mesmo cuidado, para não dizer que pode ter um cuidado ainda maior. O planejamento deve ser muito mais minucioso, com mais detalhes e com etapas bem definidas. E qual é a melhor forma de você realizar este planejamento com segurança? Contratando um Coach.

Se você possui sonhos e metas, mas ainda se sente perdido ao planejar seus passos, entre em contato com um Coach. Ele terá todas as ferramentas e habilidades para ajuda-lo a se direcionar para um futuro de sucesso e realizações. Caso deseje mais informações, estaremos a sua disposição para dúvidas e sugestões.

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Como esta a gestão da sua carreira profissional?


São diversas as opções para a escolha de uma trajetória profissional. Há a 
possibilidade de se seguir uma carreira pública ou privada. Há quem prefira trilhar um 
caminho mais acadêmico. Há aqueles, ainda, que preferem empreender, ao invés de
serem empregados. O profissional deve priorizar uma formação generalista ou
especialista? Quais os possíveis caminhos? Quem são os responsáveis pela
preocupação com essas questões, as empresas ou os indivíduos?

Ao contrário desta vasta gama de possibilidades de escolha está a preocupação
voltada para a gestão de carreira. Quanto tempo geralmente é investido pelas
pessoas em seu dia, simplesmente, para tomar conta de suas carreiras?

É fato que todas as pessoas investem parte do seu tempo para o pagamento de suas
contas, manutenção de sua residência ou de seus automóveis, ou até mesmo para
cuidar de sua saúde. Da mesma forma que há uma atenção dispensada para todas
essas tarefas, é fundamental que haja um espaço de tempo voltado para a gestão de
carreira.

Gestão de carreira nada mais é do que simplesmente administrar seu próprio caminho
profissional, não é mesmo? Bem, a tarefa de se realizar uma gestão eficaz da carreira
pode não ser tão simples quanto parece. Esta envolve, entre outros fatores,
planejamento, preparação, foco, paciência e muito empenho.

Para que os objetivos profissionais de um indivíduo sejam atingidos é necessário que
se tenha em mente a importância do planejamento e da disciplina.
Um dos maiores problemas encontrados nesta questão é o fato de a decisão de
carreira a ser seguida ou, ainda, a realização de um planejamento estratégico com o
objetivo de alcançar determinados objetivos profissionais serem realizados, de uma
maneira geral, quando o profissional é ainda bastante jovem, e lhe faltam subsídios (e
conhecimentos) suficientes para tal tomada de decisão.

Podemos afirmar, também, que falta um momento de reflexão para analisar sua vida
presente e concentrar esforços para o planejamento do que virá adiante. E isto
deveria ser diferente, pois na maioria dos casos, as pessoas passam muito mais
tempo em seus locais de trabalho do que realizando tarefas relacionadas à sua família
ou à sua vida pessoal. Deste modo, a preocupação voltada para a carreira demanda
especial atenção.

Realizar a gestão de carreira não é simplesmente decidir-se sobre o desejo de seguir
ou não, esta ou aquela carreira, mas compreender o que deverá ser realizado na próxima fase da vida profissional, preparando-se para que o processo de aprendizado
seja condizente com ela.

Vale ressaltar que os gestores e líderes de pessoas nas organizações também
desempenham um papel importante na trajetória profissional de seus empregados.
Além disso, vários são os recursos disponíveis para auxiliar os indivíduos
(trabalhadores) a realizarem uma gestão de carreira de acordo com seus desejos e
objetivos. Esses recursos variam desde manuais práticos e workshops de
planejamento de carreira, até o auxílio específico de profissionais da área de recursos
humanos como o aconselhamento de carreira (mentoring e coaching).

Para que se tenha uma gestão de carreira bem sucedida é importante, ainda, que o
profissional tenha em mente que a personalidade é um fator determinante importante
na escolha da carreira e que não existe um padrão de quais competências devemos
desenvolver para termos sucesso. Isto porque, são diversas as competências
utilizadas no mundo do trabalho. Deste modo, para realizar um planejamento de
carreira mais assertivo, é fundamental que este seja capaz de reconhecer suas
habilidades e inclinações.

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Cinco dicas para o bom networking


Networking é uma palavra que foi se incorporando ao cotidiano profissional e logo se tornou símbolo de reconhecimento e prestígio. Por trás da expressão há muito mais do que um simples significado de rede de relacionamentos.
Ter uma boa rede de contatos é fundamental para a vida profissional e social. Quanto maior e mais qualificada mais chances de você ter relações positivas e produtivas. O ser humano é essencialmente social, ou seja, tem hábitos de convívio com outras pessoas. Se pudermos tirar proveito disto melhor.
Há algumas ações importantes que diferenciam os que fazem networking daqueles que se tornam chatos e oportunistas. Segue abaixo cinco dicas para fazer um bom networking.

1. Identifique sua rede – quem são seus amigos, conhecidos, contatos etc? Procure diferenciar as pessoas que conhece por categorias para facilitar a organização de sua rede de contatos. Uma das formas mais simples é fazer uma lista de pessoas e classificar conforme categorias definidas por você: negócios, família, amigos, faculdade, esportes etc.

2. Mantenha contato – uma das estratégias mais simples e importantes é manter contato com seus amigos e conhecidos com regularidade. Existem pessoas que passam anos sem falar com amigos e quando surge uma necessidade pessoal surgem do nada. Quanto maior o distanciamento menor a chance das pessoas lembrarem de você e, principalmente, prestarem qualquer auxílio. Porém, o cuidado básico é não exagerar.

3. Participe de eventos – quanto mais você estiver presente em eventos importantes mais as pessoas saberão sobre você. Novamente o cuidado é para não exagerar e se tornar figurinha fácil. Aquele que todo mundo sabe que vai encontrar em todos os lugares. Faça escolhas.

4. Use a tecnologia – hoje em dia as redes sociais virtuais estão se tornando grandes aliadas para o networking. Conheça e participe destas redes: orkut, via6, linkedin, dihitt, twitter etc. Cuidado para não ficar viciado e esquecer que o mais importante ainda é o contato pessoal.

5. Crie uma rotina – estabeleça padrões e critérios para os contatos profissionais. Marque um dia da semana ou período para fazer contatos com pessoas estratégicas. No campo pessoal o mais importante é lembrar que os amigos gostam de receber um telefonema, torpedo, e-mail ou visita. Diversifique e não “alugue” uma única pessoa.